Páginas

domingo, 23 de novembro de 2014

...

hoje a noite não tem luar
o dia esta tão longe de nascer
há quem vive assim sem esperança
ou sem ter caminho para onde chegar
onde chegar
sem nenhum sinal

hoje o dia não tem sol
hoje o tempo não vai chegar
há os que vive assim sem esperança
sem nenhum sinal
onde chegar
sem ter caminho para onde chegar

e não sei onde vou chegar
mas eu estou aqui, sem ter onde chegar
o sol e a lua morreram
o dia não tem mais fim
a vida por si só já não vive
o frio domina a selva
os prédios ecoam o silencio
que é gritado pelo animais da cidade
e o dia não tem mais fim
a vida já acabou

Um comentário:

  1. Ausente um tempo...
    Um tempo sem passar por aqui...
    Mas quando venho, a intensidade das tuas palavras sempre me surpreendem, logo eu... uma completa apaixonada por tudo que há de intenso nesse mundo!
    Seja dos sentimentos mais nobres, aos amores e as tristezas...

    Beijo.

    ResponderExcluir