Páginas

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Para você não sou mais nada

Sei que para você não sou mais nada
Mas não sabe a falta que ainda me faz
Ter você aqui do meu lado era tudo o que eu desejava
E sua falta...
Quanta dor e desespero ainda tenho que passar para o coração entender
Entender que não mais a terei
Que não mais sentirei sua boca
Nem sequer seu cheiro
Você é tão linda
E é tão louco o amor que sinto
Que não consigo me desprender desse sentimento
Ver você passar por mim sem sentir nada
É o que mais me mata
Cortando o peito pedaço por pedaço
Tirando o sentido de tudo
De todo meu dia
Calado pelos cantos frios eu fico
Trancado em um quarto de desespero esperando a dor passar
Tentando curar o coração que parece não querer sarar

Nenhum comentário:

Postar um comentário