Páginas

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Estrelas

Estrelas que são testemunha do quanto sofro por causa desta mulher
Atenda meu pedido que faço esta noite escura e nebulosa
Descubra se por mim ela também chora
Ou sou apenas eu que vivo nessa agonia sem fim que me encontro dias e dias
Estrelas diga-me se algum dia caiu se-quer uma só lagrima dela por mim
Para eu assim nunca desistir de lutar por ela
Isso é na verdade o que eu mais queria ouvir
Pois é mais fácil morrer lutando
Do que viver na amargura

A cada dia perco mais minhas esperanças
Mas não consigo arrancar ela de mim
Como a quero, como gosto, como amo
Como dói a ausência...
Ah! se dependesse só de mim...
Faria tudo para que ela voltasse
Mas não vejo solução
Não vejo uma luz
A não ser das estrelas que ficão a me observar

Um comentário: