Páginas

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Todo dia...

Sim, estava mal,
Entrei-me em casa, onde mais uma vez ninguém lá estava
E no sofá deite-me sem respirar,
Encolhido, como uma cria com frio
Na verdade isso também sentia
Lá eu apaguei...
O sol veio gritante a chamar para o que eu não queria
Então de pé já estava disposto
Não queria dar brecha para o que vem quando volto a viver
Aquela questão...

Nenhum comentário:

Postar um comentário